Notícias » Política

 

Últimas notícias

  • Flávio Dino fala sobre prioridades da Segurança Pública

    Continuar lendo
  • Ibope mostra Dilma reeleita; Datafolha aponta empate técnico

    Continuar lendo
  • Prefeitura avança nas obras de reurbanização do Jardim São Cristóvão

    Continuar lendo
  • Portador de elefantíase, massagista 'Bimbona' volta a fazer apelo por tratamento

    Continuar lendo
  • Suposto 'comprador' do Sistema Mirante é investigado pela PF e não pode deixar o Brasil

    Continuar lendo
  • Meta é 'inibir a corrupção', diz secretário de Transparência do novo governo

    Continuar lendo
  • IMAGENS DA NOITE: Familiares e amigos de Brunno Matos participam de caminhada pela paz

    Continuar lendo
  • ATO DO DIA: Confirmação de Rodrigo Lago no comando da Secretaria de Transparência e Controle

    Continuar lendo
  • IMAGENS DO DIA: Prefeito Edivaldo acompanha início do asfaltamento de ruas do Jardim São Cristóvão I

    Continuar lendo
  • Depois de depoimentos de vítimas que incriminam Diego Polary, vigilante confessa ter assassinado o advogado Brunno Matos

    Continuar lendo

IMAGEM DO MEDO: Roseana espia movimento 'Acorda Maranhão' de uma janela do palácio

 

A única coisa que mete medo em político é o povo nas ruas, dizia Ulisses Guimarães
 
Roseana na janela (Foto: Marrapá)

Essa máxima está se confirmando em relação ao (des)governo de Roseana Sarney. Acuada por uma crise sem precedentes no sistema penitenciário e na segurança pública, a governadora tem se enclausurado no Palácio dos Leões, cercado há quase um ano com centenas de grades. O objetivo é manter manisfestantes distantes da área. 
 
Já disse, em outras ocasiões, que um governo que quer manter o povo distante já não tem bases de sustentação. Ao longo da história política do Maranhão, não se tem informação de que algum governante tenha adotado tal medida, mostrando temor em manifestações populares.
 
A imagem de Roseana espiando a manifestação que levou às ruas de São Luís mais de mil pessoas, na tarde de sexta-feira(10), mostra o quanto ela está preocupada com a reação popular à sua inércia diante de tanta barbárie. 
 
Protegida pelos leões, janelões e grades, Roseana vai vivendo seu inferno astral e com, certeza, seus últimos momentos no purgatório antes de ser defenestrada pelo voto popular das alcovas palacianas, onde se refestela com lagostas, camarões, caviar e vinhos finos. Tudo à custa do suor e do sangue de maranhenses.
 
Vade retro! Não deixarás saudades!
© Rádio Voz do Maranhão
BRLOGIC